Em algum momento da sua vida, você já deve ter ouvido falar do Aquífero Guarani. Sem dúvida, o reservatório já é notável pelo nome: a matriz cultural e linguística dos povos do Guarani é uma da mais fortes marcas transfronteiriças deixadas pelos indígenas na América do Sul, pois, até hoje, a língua Tupi-Guarani permanece sendo a mais falada entre todos os indígenas sul-americanos. Mas, depois de uma análise mais aprofundada desse reservatório, vai ficar claro que o aquífero não é grande apenas pelo nome. Isso será o que veremos. Ler mais

Passaram-se 50 anos desde que o homem conseguiu chegar até a Lua. Considerado um dos maiores feitos da história aeroespacial, a missão tripulada Apollo 11 consagrou o início da trajetória pela conquista do espaço e provou que o homem é mesmo capaz de transformar um pequeno passo em um grande salto para a humanidade.

Ler mais

Na Meteorologia, existe uma classificação com os 10 tipos básicos de nuvem, que são classificadas de acordo com sua aparência e altitude. A Cumulonimbus (Cb) é o grande destaque nessa classificação, já que essa nuvem possui a aparência característica de uma bigorna ou um cogumelo, e o seu topo pode atingir até 20 km de altitude. Além disso, esse é o único tipo de nuvem capaz de produzir raios, sejam eles intra-nuvem, nuvem-solo ou nuvem-nuvem.  Ler mais

Hoje, dia 2 de julho de 2019, ocorrerá um dos fenômenos astronômicos mais raros de se observar em um mesmo local. O último eclipse solar total ocorreu na região dos Estados Unidos em 21 de agosto de 2017, chamado de “O Grande Eclipse Solar Americano”, e a última vez que o mesmo fenômeno foi observado por lá foi apenas em 1880! Fazendo com que a média de ocorrência de um eclipse solar em um mesmo local específico seja de aproximadamente 1 vez a cada 300 anos.

Ler mais

O chorume é uma fonte muito comum de contaminação de águas, o mais difícil é saber onde ele está

Cerca de 97% da água em nosso Planeta é encontrada nos mares e oceanos, apenas 3% serve para o consumo humano. Se considerarmos apenas a água doce, 69% dela está presa em geleiras, e apenas 1% é encontrada em rios, lagos e atmosfera. Então onde estão os outros 30%? Abaixo de nossos pés. As águas subterrâneas são essenciais para manter a demanda da população por água, entretanto, hoje, enfrenta-se um sério problema, a sua contaminação. Um estudo realizado pelo IGc USP em um aterro sanitário na cidade de Araras, SP, analisou a água subterrânea na região e uma possível contaminação por chorume, que poderia atingir o rio que  abastece a cidade.

Ler mais

Já imaginou ver o céu estrelado e tão perfeitamente iluminado como na foto acima? É assim que ele aparece em determinados locais do planeta, e todos esses locais possuem algumas características em comum: baixa luminosidade, altas altitudes e clima predominantemente com pouca umidade.

A iluminação das cidades e até mesmo a poluição do local são fatores que dificultam a visão do céu genuinamente estrelado. O crescente aumento da população mundial e o crescimento das cidades fez com que a busca por locais perfeitos para a observação noturna aumentasse. A poluição luminosa transformou em raridade algumas observações que antes eram corriqueiras para as civilizações passadas, a observação de um dos braços da Via Láctea, por exemplo.

Com o objetivo de apreciar o céu noturno em toda sua glória, o Astroturismo vem se intensificado nos últimos anos, despertando a curiosidade das pessoas que enxergam o céu apenas como uma imensa escuridão acima das grandes cidades. Abaixo, vamos listar alguns dos lugares do mundo onde ainda é possível observar o céu muito além do que enxergamos nas cidades: Ler mais

Do ponto de vista meteorológico, geada é nome dado ao fenômeno de congelamento do orvalho que fica depositado nas superfícies ao ar livre. É importante salientar que, diferentemente da neve que se precipita das nuvens, a geada ocorre nas superfícies que estão ao relento, ou seja, é na umidade presente na relva, plantações e carrocerias de automóveis que o fenômeno acontece. Ler mais

A Sismologia é uma área da Geofísica que estuda as propriedades físicas da Terra a partir da informação fornecida pela propagação de ondas sísmicas. As ondas que são produzidas quando um sismo acontece são de grande importância para o estudo do interior da Terra. Vamos entender um pouco melhor neste texto como os geofísicos utilizam essas informações para descobrir mais sobre o nosso planeta. Ler mais

As galáxias são corpos que aparecem no céu como manchas difusas, compostas basicamente por estrelas, gás interestelar e matéria escura. Outros corpos como os planetas, cometas e a poeira correspondem a uma fração muito pequena da massa total das galáxias. Ler mais

Não há dúvida que o arco-íris é um fenômeno que encanta e intriga os seres humanos desde os primórdios. Várias são as histórias que os retratam com um viés positivo como é o caso da Bíblia, que retrata o arco-íris no Gênesis como um aviso de que Deus não assolaria o Mundo com outro dilúvio, ou aquela famosa lenda do pote de ouro guardado por um duende no fim do arco, advinda da mitologia irlandesa. Em algumas crenças pré-colombianas é um portal para riquezas, e uma ponte para o reino dos deuses, segundo a mitologia nórdica. Ler mais

No dia 25 de janeiro deste ano, a barragem de minério de ferro da Vale rompeu no município de Brumadinho, MG. O resultado foi o avanço de um fluxo de rejeitos de mineração sobre os funcionários da empresa e a área administrativa da Vale, os rejeitos de mineração formaram uma lama densa e escura contendo ferro.

Nas mídias, foi comentado sobre o uso da geofísica para se evitar desastres como esse. O monitoramento constante para identificar zonas de fraqueza e áreas de instabilidade permitiria que fossem tomadas medidas de recuperação das barragens. No entanto, são raros os casos em que a geofísica foi utilizada para o auxílio em buscas após os desastres. Ler mais

Crise hídrica. Esse termo se tornou mais popular desde 2014 quando a região metropolitana de São Paulo passou por um longo período de estiagem que gerou falta de água para grande parte da população. Ler mais